sábado, 1 de janeiro de 2011

Carta Para Eu Mesmo


São Vicente, 1 de Janeiro de 2011.


Caro Felipe,

Quero desejar a você um excelente Ano Novo, e parabenizá-lo pelos feitos de 2010. Este ano você conseguiu tirar um 10 na faculdade, algo que julgava ser impossível, pena não ter sido contabilizado junto a suas notas pelo fato de não ter tido necessidade da tal prova. Junto com essa nota, você conseguiu eliminar a dependência de matéria da qual tinha medo de ficar novamente. Durante suas férias do meio do ano, por acaso conseguiu fazer aulas de violão e aprender um instrumento musical diferente, coisa que há muito queria mas não decidia qual instrumento tentar. Ah, e ainda conseguiu comprar seu próprio violão, com seu próprio dinheiro e do jeito que imaginou: um violão verde feito com boa madeira e de boa ressonância. Como se não bastasse, conseguiu perder a timidez e fazer novas e verdadeiras amizades, inclusive na faculdade. Além de tudo isso, realizou uma vontade de anos, entrou para o louvor da igreja tocando teclado ao Senhor. Puxa vida! Foram tantas coisas, mas nada disso teria valor algum se não existisse o amor; e esse amor, hein! No meio de tantas coisas e já carregado de responsabilidades, encontrou alguém por quem se apaixonou e ainda ganhou a amizade e o carinho dela.

Você conseguiu realizar muitas coisas em 2010, acho que nem vale a pena citar os objetivos não cumpridos. Deixa esses pra lá, um dia você vai ter vontade de fazer essas coisas novamente e vai realizar essas vontades.

Não quero só parabenizá-lo, mas também deixar algumas árduas tarefas para 2011, tarefas das quais vai me prometer cumpri-las. A primeira coisa é tirar sua carteira de motorista, tanto para carros quanto motocicletas. Também precisa perder esse medo bobo de dirigir, se não do que adiantará tirar a habilitação!? Você já está grandinho e tem sua própria cozinha, está na hora de aprender a cozinhar algo além de macarrão instantâneo; faça um curso de gastronomia ou arranje um emprego como auxiliar de cozinha, o importante é aprender. Se você conseguir um emprego com um salário razoável, ainda lhe deixo duas tarefas: compre uma motocicleta, nova ou usada, e compre um teclado musical semiprofissional, algum que lhe dê prazer de tocar e certo poder de som.

Não quero me prolongar mais, por isso deixo meus sinceros votos de felicidade, paz de espírito e muita alegria. Saiba que tem muita gente que te ama e só quer seu bem, não deixe que os invejosos digam o contrário. Ande pela sombra do Onipotente, pois só ele pode lhe dar forças para alcançar todas as tarefas propostas por meio desta carta.


Com muito amor e carinho,
Eu mesmo.


Um comentário:

  1. rsrs adorei a sua carta para você mesmo ficou muito boa e super divertida ! Bjos

    ResponderExcluir

Escreva as besteiras que quiser: Elas vão ficar aí pra todo mundo ver que foi você quem falou. Não apago comentários.
Comente com inteligência, pois seu comentário passa a imagem de seu blog. Ou não.
Não entendo miguxês nem clico em spams - por isso evite usá-los aqui.

Clique no botão [Publicar] para expressar sua humilde opinião sobre minha brilhante postagem.

 

A Bolsa Mágica de Felix Creative Commons © 2009 Black Nero is Designed by Ipietoon Sponsored by Online Business Journal